Mulheres > Mensagem da Presidente > Capacitando


Capacitando
61 download(s) Faça Download

Capacitando


Para o próximo ano, a temática da Igreja terá como foco "Capacitando" e, baseado nisso, a ênfase que a LSLB pretende dar em suas ações é o trabalho com os jovens.

É muito comum ouvirmos a frase "Jovem, o futuro da Igreja", mas não podemos concordar totalmente com essa afirmação, pois os jovens hoje são parte importante do presente da Igreja. O jovem faz parte de um grupo que mais facilmente se adapta às mudanças que ocorrem no mundo a uma velocidade espantosa; e, numa Igreja que precisa adaptar-se às mudanças da sociedade para continuar cumprindo sua missão de levar "Cristo para Todos", atuação dos jovens é fundamental.

Precisamos entender que eles têm algo importante a nos transmitir com sua alegria que contagia, com a facilidade que têm para lidar com coisas novas, especialmente nas áreas de tecnologia e comunicações. Eles têm formas especiais de falar de Cristo, através da música, do teatro, de seus encontros, de suas camisetas; falam por e-mail, pelo Facebook, pelo Twitter; demonstram seu amor a Cristo em suas ações e em suas atitudes.

Para aproveitar todo o potencial de nossa juventude, precisamos nos relacionar com ela. O mundo em que vivem (trabalho, escola, universidade, etc.) é muitas vezes um mundo onde Deus não é muito considerado, onde Cristo não é essencial. Precisamos mostrar que a Igreja é um bom lugar para eles, que eles têm um ótimo espaço nela e que os vínculos criados desde sua infância (na Escola Dominical, por exemplo) podem ser fortalecidos e melhorados. É fundamental que nós, pais e irmãos na fé, sejamos bons exemplos - não devemos apenas tentar mostrar-lhes o caminho, e sim trilhar o caminho junto com eles.

Dentro de nosso trabalho de servas, precisamos continuar o trabalho que sempre fizemos em casa como mães (as mães são, no início da vida de seus filhos, a referência, o socorro, a solução dos seus problemas). Como servas, na igreja, muitas vezes temos que ser mães de nossos jovens, ajudando-os, apoiando-os em suas promoções, acolhendo-os e, principalmente, compreendendo-os, incentivando-os e amando-os. Muitas vezes, temos que suportar seu barulho, sua desorganização, suas mudanças de projetos e de ações, pois essa é sua natureza.

Sendo amados e respeitados, continuarão conosco e com Jesus, o que é o mais importante. Então, pouco a pouco, assumirão postos de liderança na Igreja e na sociedade e, certamente, ajudarão na expansão do Reino de Deus entre nós e todo o mundo.

Juliana R. Blauth Lindenmeyer
Presidente da LSLB 2008-2015

Veja Também