Centenário do Hinário Luterano


Ler em formato flip
30/03/2020 #Artigos #Editora Concórdia

Vamos celebrar com festival de hinos

Centenário do Hinário Luterano

Neste ano de 2020, mais especificamente na primeira quinzena de setembro, celebraremos 100 anos de Hinário Luterano em português na Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB). Foi em Lagoa Vermelha, em setembro de 1920, que teve início o uso do pequeno hinário Hymnos e Orações, que serviu de “embrião” ao atual Hinário Luterano em uso na IELB.

Desde 1920, o que veio a ser o nosso atual Hinário Luterano passou por diversas fases, ampliações e atualizações. Durante este centenário, o Hinário proclamou a Palavra de Deus através dos textos cantados. Com essa proclamação da Palavra de Deus, muitos hinos ficaram gravados nas mentes e nos corações de diversas gerações. Com essa proclamação, o Hinário Luterano serviu de meio para ensino, conforto e louvor. O Hinário Luterano ensinou a mensagem cristã trazendo em seus textos lei e evangelho; a lei, para aguçar nossa consciência de nossos pecados, e o evangelho, para nos confortar, mostrando que a salvação está em Cristo, que, com sua morte e ressurreição, abriu o caminho para a nossa vida eterna com Deus.

O ensino da Palavra de Deus através do canto já era praticado nos cultos do Antigo Testamento, onde os levitas se esmeravam para cantar os salmos com acompanhamento de instrumentos. A igreja cristã continuou proclamando a Palavra de Deus através do canto. É verdade que, durante a Idade Média, o canto congregacional foi praticamente extinto, mas os coros continuavam a proclamar a mensagem bíblica. Lutero, vendo a necessidade do povo se apropriar novamente do canto congregacional, estimulou a edição de hinários e, com o tempo, o canto congregacional assumiu seu lugar novamente.

Com a iniciativa de Lutero para a edição de hinários, inúmeros hinários surgiram nas mais diversas denominações cristãs. Canto congregacional e coros passaram a se alternar em cantar os hinos neles impressos. Isso é um fato também com o nosso atual Hinário Luterano: ele é fonte para o canto congregacional e para o canto do coro. Portanto, para celebrarmos os 100 anos de canto congregacional em português na IELB, nada melhor do que usar este hinário. Usar o hinário em nossos cultos regulares e em momentos especiais.

Um culto ou programa bem específico para enfatizar o Hinário Luterano pode ser um festival de hinos. O nome já sugere que é um programa, uma apresentação ou um culto, cujo foco é o canto de hinos. Um festival de hinos pode ser um culto com Santa Ceia. É possível ter uma liturgia completa utilizando-se apenas hinos, além das leituras bíblicas e da mensagem. Um festival de hinos pode também ter partes de nossas liturgias históricas, além dos hinos. Um festival de hinos pode ter composições que utilizem hinos como base das obras. Um festival de hinos pode ser um festival de coros que vá apresentar somente hinos do Hinário ou composições tendo como base os hinos. Enfim, um festival de hinos permite uma grande variedade.

Fica aí a sugestão para todas as congregações da IELB: celebrar o centenário do nosso Hinário Luterano em festivais de hinos. Com essas celebrações, estamos também agradecendo a Deus pela proclamação de sua Palavra através desses hinos. Os hinos já acompanharam muitas pessoas até o seu encontro com Deus na eternidade. Os hinos já levaram conforto nas horas de aflição ou alegria, também nas horas de agradecimento, a diversas gerações de crentes. Os hinos também acompanham nossa jornada até a pátria celestial. É tempo de celebrar com hinos a Deus.

Raul Blum

Pastor, maestro, coordenador da Comissão de Cultos da IELB

Artigos Leia mais


Notícias Leia mais


Assine o Mensageiro Luterano e
tenha acesso online ou receba a
nossa revista impressa

Ver planos